19.4.06

 

Tempo a ver televisão ligado a risco de engordar para algumas crianças


Num estudo recente a mais de mil crianças em idade pré-escolar, aquelas que estiveram expostas a mais de duas horas de televião por dia eram mais propícias a ficarem com excesso de peso às idades de 3 e 4.5 anos do que aquelas expostas a menos de duas horas de televisão por dia.

De acordo com informações dos pais, mais de 2 terços das crianças objecto deste estudo viram televisão durante duas ou mais horas por dia. Estas crianças tinham mais tendência a ficarem obesas do que os 32% que viram menos de duas horas de televisão por dia, como recomendado pela American Academy of Pediatrics, indica o relatório.

Em conjunto, perto de 6% das crianças tinham peso a mais aos 36 meses de idade e 10% tinham peso a mais aos 54 meses.

As crianças que estavam expostas à televisão duas ou mais horas por dia, contudo, ficaram perto de 3 vezes mais com mais possibilidades de ficarem com excesso de peso aos 36 meses do que as que viram menos televisão, a autora do estudo Lumeng e a sua equipa registaram.

Notando que " a maioria das crianças com 3 anos não se sentam quietas a ver televisão durante longos períodos de tempo", Lumeng informou que o seu estudo "descobriu que só ter a televisão ligada - mesmo que a criança esteja na sala a brincar, mas não sentada atentamente a ver - parecia aumentar o risco de obesidade nas crianças de 3 anos".

A exposição à televisão pode contribuir para o aumento de peso de várias maneiras, incluindo através da publicidade a comidas pouco saudáveis ou a tendência das crianças a fazerem um lanche enquanto vêem televisão, sugerem os autores do estudo. Os efeitos da televisão parecem poderosos mesmo quando as crianças não estão a prestar a sua atenção completa. " As nossas descobertas sugerem que expor as crianças à televisão mesmo como um «ruído de fundo» enquanto elas se envolvem noutras actividades pode aumentar o risco de peso em excesso", concluiram eles.

E, acrescentaram, isto acontecia «independentemente de a família ser de classe alta, bem educada, com um ambiente em casa estimulante com muitos jogos e brinquedos educativos e com interacção com as crianças, e os programas televisivos serem "educativos".»

FONTE: Archives of Pediatrics and Adolescent Medicine, Abril 2006.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?