17.11.05

 

Estudo nos Estados Unidos confirma que a exposição ao consumo de tabaco nos ecrãs é uma das principais formas de angariação de novos fumadores jovens


Como hoje é dia 17 de Novembro, o Dia do Não Fumador, decidi abordar este tema. De sublinhar igualmente que este pode também ser considerado um exemplo em que a educação para os media é igualmente sinónimo de educação para a saúde.

Este estudo foi financiado pelo Instituto Nacional de Cancro (National Cancer Institute) e publicado na publicação Pediatrics (a revista da Academia Americana de Pediatras (American Academy of Pediatrics), visando investigar a influência de fumar na vida real pelo ver fumar em filmes. Para o efeito, os investigadores entrevistaram 6500 jovens dos 10 aos 14 anos, a nível nacional.

Depois de fazerem um controlo a 20 outros factores (pessoais, sociais e dos media) que poderiam alterar o estudo, os investigadores obtiveram as seguintes conclusões:

• A exposição a imagens de fumadores no ecrã é fortemente associada à iniciação ao fumar por parte dos adolescentes.

• Depois de ajustarem todos os outros factores, os jovens da faixa etária 10-14 que vêem mais deste tipo de filmes são quase 3 vezes mais susceptíveis de começar a fumar do que os que viram menos
.

Esta forte associação, combinada com a exposição quase universal dos jovens ao consumo de tabaco em filmes, leva-nos a acreditar que a indústria cinematográfica é um dos principais canais para recrutar novos fumadores nos Estados Unidos, mas eventualmente noutros países onde se vêem muitos filmes americanos, como Portugal.

O impacto massivo das imagens de consumo de tabaco em filmes leva-nos a concluir que este poderia ser mais um factor a considerar nas classificações de filmes. Ou seja, além da exposição de violência ou sexo, filmes onde os actores estejam regularmente a fumar deveriam ver também ver a sua classificação aumentada para uma faixa etária maior, considerando estas futuras consequências maléficas para a saúde dos jovens, ao incentivá-los a fumar.

E ainda de acordo com o estudo, nos últimos 6 anos, 77% dos filmes cuja classificação era aconselhável até aos 13 anos apresentava consumos de tabaco. E este tipo de filmes é também intensamente promovido para a faixa etária 12-17, o grupo mais susceptível de começar a fumar. Nove em cada 10 fumadores começam quando são adolescentes.

Tal medida produziria portanto grandes benefícios potenciais para a saúde pública, virtualmente sem qualquer custo.

A prevenção tabagística nos mais jovens é uma das chaves para reduzir as mortes e doenças causadas pelo consumo de tabaco.Como já disse atrás, a distribuição global dos filmes americanos torna esta questão da exposição ao consumo de tabaco no ecrã um imperativo de saúde pública a nível mundial.

Aconselha-se no entanto, enquanto as autoridades não avançarem, que pais e professores discutam estas questões, alertando as crianças para esta situação e para os malefícios do tabaco, apesar de todo o glamour encenado nos filmes quando os actores estão a fumar.

Caso vá ver um filme com os seus filhos ou mesmo quando estes forem sozinhos ou com amigos, se conhecer algém que já tenha visto esse mesmo filme, procure perguntar-lhe se existem muitas personagens a fumar e depois, ou alerte o seu filho para a questão ou procure que ele vá ver outro filme.

Se cada vez mais gente tiver esta atitude, creio que a indústria cinematográfica irá tomar alguma atitude...

Comments:
Eu sou o Nilton Elias Prata Cassoma (angolano) venho por meio deste deixar um grande alertra aos pais que fumam, para que nao o façam na presença de seus filhos, pois, os adolescentes e jovens ficam atraidos com este pessimo se assim o posso chamar comportamento de certos pais. portanto todos quanto fazem o consumo do tabaco independentemente de que tipo for, nao deve usar em frente de crianças e adolescentes pois isto estimula-os a aderirem a tal comportamento, esta advertencia vai para todos que fazem o uso do tabaco em especial aos pais.(nilton_cassoma@yahoo.com.br
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?