16.12.05

 

Miúdos torturam nos videojogos

Um em cada três usa jogos para maiores de 18
Em cinco anos venderam-se por cá 700 mil consolas
Em cinco anos venderam-se por cá 700 mil consolas
Um em cada três menores entre os dez e os 17 anos utiliza jogos recomendados para maiores de 18. Destes, 57 por cento reconhece que mata ou tortura pessoas durante os jogos e 35 por cento diz que perde mais de uma hora por dia nas consolas.
Uma em cada três crianças e adolescentes usa jogos de computador recomendados para adultos e 57% admitem que "torturam" ou "matam" pessoas nesses jogos, de acordo com um novo estudo divulgado em Espanha.

De acordo com o estudo, esta faixa etária - entre os 10 e os 17 anos - joga diariamente mais de uma hora, sendo por isso recomendada maior atenção dos pais e encarregados de educação para garantir que crianças e adolescentes tenham menor acesso a jogos para adultos. O defensor do menor espanhol analisou mais de 21 jogos violentos, todos eles para adultos, preparando depois um guia para os encarregados de educação. O estudo, que reforça a opinião do defensor do menor espanhol, foi realizado pelas organizações Protegéles e Civertice com que questionaram mais de quatro mil crianças e adolescentes.

Estes são os resultados de um estudo realizado em Espanha sobre os jovens e os videojogos. Por cá não existe qualquer estudo do género, mas os dados não deverão diferir em muito.

Ao que o Correio da Manhã apurou, só nos últimos cinco anos foram vendidas no nosso país mais de 700 mil consolas da Playstation 2 e 150 mil só este ano, sendo que os jogos de 'wrestling' (luta livre americana) continuam a ser dos mais vendidos. Numa ronda que o CM fez por alguns hipermercados, este ano e depois dos jogos de futebol, 'Need For Speed Most Wanted' é o terceiro mais procurado, Trata-se um jogo de corridas de ruas ilícitas no qual o objectivo é ficar na lista negra da polícia.

O estudo realizado em Espanha identificou ainda o jogo 'GTA San Andreas' (onde, por exemplo, se atropelam transeuntes) como o menos recomendado para as crianças.
 
O "Defensor del Menor" da Comunidade Autónoma de Madrid, em conjunto com várias associações cívicas ligadas aos interesses das crianças, acaba de divulgar o estudo, intitulado "Videojuegos, menores y responsabilidad de los padres" e disponbilizam na Internet um Guia de Jogos Vídeo para Pais.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?